Pela Europa fora

Em 2018, começámos por apresentar o programa da Trienal 2019 em dois locais: Lisboa e Veneza. Em 2019, replicamos o modelo e viajamos pela Europa, a convite de diversas instituições culturais com as quais temos vindo a colaborar, com apresentações que antecipam os dias inaugurais: 3 a 5 de Outubro de 2019).

Barcelona

Com uma ligação forte à cidade basca, pelas obras de Mies e de Gaudí, intimamente relacionadas com a 5ª edição da Trienal, Barcelona acolheu o fim do roteiro pela Europa. O debate alicerçado na racionalidade da arquitectura e no ornamento, teve a moderação de César Reyes (co-fundador do editora DPR Barcelona) e intervenções de Anna Ramos (directora da Fundació Mies van der Rohe), Éric Lapierre (curador geral da Trienal 2019) e José Mateus (presidente da Trienal de Arquitectura de Lisboa). Presentes no debate, os arquitectos Anna & Eugeni Bach estabeleceram uma ponte com o tema do ornamento de A Poética da Razão, através da sua intervenção na Fundação Mies van der Rohe, que foi mencionada “como um acto de magia, um gesto único que tudo muda”. Segundo Éric Lapierre, A Poética da Razão traz a certeza de desencadear significados relevantes em qualquer uma das suas formas contemporâneas da prática.

Paris

A convite da Delegação Francesa da Fundação Calouste Gulbenkian, Éric Lapierre participou no debate “Preservar, Promover, Expor Arquitectura”, a 21 de Maio. Ao curador geral da Trienal 2019, juntou-se Marta Aguiar, arquitecta do Porto e Nuno Sampaio, director executivo da Casa da Arquitectura, sediada em Matosinhos.
Esta foi a 3ª edição de “Voix aux Images”, dedicada ao universo cultural português, integrado no programa comemorativo dos 90 anos do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, com centro cultural em Paris. Com foco no urbanismo e na arquitectura, a iniciativa contou com a presença de um grupo de especialistas nas áreas da prática, investigação e crítica, como Ana Tostões, André Cepeda, Didier Fiuza Faustino, Manuel Aires Mateus, Nuno Grande e Pedro Levi Bismarck, entre outros.

Cork

A 6 de Abril, Manuel Henriques visita Cork, na Irlanda, para participar no fórum “Curating Architecture”, organizado pela Irish Architecture Foundation. A conferência reúne arquitectos e curadores internacionais para discutir, explorar e imaginar o potencial de encenar arquitectura num contexto de exposição. Ao director adjunto da Trienal, juntam-se Pedro Gadanho, director do MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia; Catherine Ince, curadora do Victoria & Albert Museum; Kieran Long, jornalista e curador em arquitectura e design; Léa-Catherine Szacka, professora de arquitectura em Manchester; e a arquitecta Veronica Valk.

Helsínquia

A 1 de Abril, “A Poética da Razão” aterra em Helsínquia, na Finlândia, para “Life as a Party”, um simpósio sobre curadoria e exposição em arquitectura. A conversa, moderada pelo designer Tuomas Toinoven, da New Academy, junta Manuel Henriques, director adjunto da Trienal de Arquitectura de Lisboa, para falar sobre esta 5ª edição; Giovanni Piovene, co-curador da uma das exposições centrais da Trienal 2019, apresenta “Nem toda a gente pode projectar a vida como uma festa”; Markus Lähteenmäki, historiador e curador de “Planetarium”, projecto homónimo que traz à mesa redonda; Hanna Harris, Directora da Archinfo e comissária do Pavilhão Finlandês da Bienal de Veneza de 2018, aborda “Projectos Nacionais”; e Mika Savela, arquitecto, co-fundador de Selim Projects e editor da revista Finnish Architectural Review com o tema “Curatorial, Editorial”.

Pavilhão Mies van der Rohe © Catarina Botelho
Casa Emilio Vedova, Veneza © Susana Pomba

2018—Lisboa & Veneza

Em retrospectiva, lembramos que, a 24 de Abril, ocupámos uma torre de escritórios em construção em Picoas, na Avenida Fontes Pereira de Melo (FPM41, de Barbas Lopes Arquitectos), para a primeira apresentação pública por José Mateus e Éric Lápierre. Em Veneza, no dia anterior à semana inaugural da Bienal de Arquitectura, dedicada ao Freespace e com curadoria de Yvonne Farrell e Shelley McNamara, fizemos um evento muito especial que combinou uma apresentação do programa Trienal 2019, com uma performance única de Thurston Moore no terraço de uma casa de momento desocupada com vista panorâmica deslumbrante para a Punta della Dogana e a Laguna di Venezia.

Torre em Picoas, projecto FPM41 de Barbas Lopes Arquitectos © Hugo David
Casa Emilio Vedova, Veneza © Susana Pomba